‘RESPONSABILIDADE DOS MUNICÍPIOS’, diz Geraldo Medeiros sobre irregularidades na vacinação contra Covid-19

 Segundo o secretário de saúde da Paraíba, o médico Geraldo Medeiros, são os municípios paraibanos que devem responder por uma série de irregularidades encontradas em auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE), divulgada nesta sexta-feira (07), em relação à vacinação da Covid-19, na Paraíba.

O levantamento do TCE aponta, dentre outras falhas, que quase 55 mil pessoas do outros estados e pelo menos 341 pessoas que já estariam mortas foram vacinadas. Além disso, na lista de vacinados ainda aparece o uso de CPFs inexistentes de 8.973 pessoas.

“É prerrogativa dos municípios. A atribuição da Secretaria Estadual de Saúde é receber, armazenar e distribuir as vacinas. O ato de vacinar, a digitação correta dos dados do vacinado no Sistema Integrado do Programa Nacional de Imunização e a responsabilidade civil destes atos representam atribuição dos municípios”, explicou Geraldo Medeiros ao Polêmica Paraíba.

Levantamento do TCE

Os dados foram cruzados com informações com diversas bases de dados – como a do Sistema Nacional de Óbitos. Os dados levantados pelo TCE, segundo o órgão, são calculados a partir do total de vacinas aplicadas. Dentre as irregularidades apontadas, estão: inconsistências relativas à faixa etária; intervalo entre doses menores que o recomendado; inconsistências relativas ao cargo/função; aplicação de doses de fabricantes diferentes; ocupantes de cargo eletivos vacinados e menores que tomaram vacinas.

Créditos: Polêmica Paraíba






Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário