Homem acusado de matar ex-namorada com tiro na cabeça em Pedras de Fogo é condenado a 16 anos de prisão

 


A Justiça da Paraíba condenou a 16 anos de prisão em regime fechado, um homem de 20 anos que matou a ex-namorada, de 16 anos, em dezembro de 2020 na cidade de Pedras de Fogo. Ele não aceitava o fim do relacionamento e disparou um tirou de arma de fogo contra a cabeça da jovem. A defesa do jovem desistiu de recorrer da sentença. Ele já está na Penitenciária PB 1, em João Pessoa, segundo informações de Polícia Civil.

A decisão foi tomada após investigação da Polícia Civil e análise do Ministério Público e Poder Judiciário que constataram que a vítima estava separada do acusado há cerca de três meses e morava com a família. Após o crime, o homem foi tido como o principal suspeito devido o histórico de violência contra a jovem.

O homem já tinha diversas passagens pela polícia e relatos comprovaram que durante dois anos de relacionamento, as brigas e agressões eram constantes, além de ameaças por ciúmes.

 

Do ClickPB



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments :

Postar um comentário