FAMA SEM LIMITES: Juliette quebrou 5 recordes e teve a maior porcentagem do BBB em final tripla; veja os números

 


Fenômeno é seu nome! A paraibana Juliette Freire, vencedora do Big Brother Brasil 21, é sinônimo de incontestável trajetória de brilhantismo. Desde sua entrada no programa, Juliette vem quebrando recordes nas redes sociais e fechou a edição com chave de ouro ao alcançar a maior porcentagem do BBB em final tripla, se consagrando de vez como a mais nova queridinha do Brasil.

Décima primeira mulher a ganhar o reality, a advogada e maquiadora teve o maior percentual de votos em uma final tripla desde a estreia do programa em 2002, alcançou o recorde de 90,15% da preferência do público, ficando à frente de Kleber Bambam – 68%, Fernanda Keulla – 62,79%, Marcelo Dourado – 60% e Emily – 58%. Já em finais duplas, Fael venceu o BBB12 com 92% dos votos e Diego Alemão, do BBB7, com 91%.


De acordo com os números, no dia da final do BBB21, a publicação de campeã de Juliette foi a segunda foto mais curtida da história do Instagram Brasil com 7.8 milhões de curtidas, ficando atrás somente da foto do youtuber Whindersson Nunes anunciando a gravidez da sua noiva (10.8 milhões de curtidas).

Até o fechamento desta matéria, a paraibana havia quebrado cinco recordes, se consolidando como a mais nova influenciadora digital do país.

Confira:

500 mil seguidores em 12min.

1 milhão de likes em 3 min.

Maior porcentagem em final tripla 90,15%

Final com mais votos da história do BBB – 633 milhões

Campeã com mais votos da história do BBB – 570 milhões

Além disso, Juliette alcançou o terceiro lugar no ranking mundial do maior engajamento no Instagram. A milionária só fica atrás da socialite e do ramo de cosméticos, Kylie Jenner e do jogador de futebol Cristiano Ronaldo. A lista ainda traz mais nomes de brasileiros como Neymar, que ocupa o sexto lugar do hanking, e a humorista Tatá Werneck, que está no décimo lugar.

Caminhada para a vitória

A trajetória de Juliette Freire no “Big Brother Brasil” é digna de filme. Antes mesmo do programa começar, ela despertou simpatia com seu vídeo de divulgação, e foi escolhida pelo público para receber imunidade na primeira semana. Lá dentro, ela emplacou uma paixão aguda por Fiuk e garantiu os primeiros memes da edição. Mas, ao se juntar com os demais brothres o caminho da advogada se tornou mais tortuoso…

Muitas vezes, ela foi excluída do grupo, se tornou motivo de piada pela sua forma de falar, seu sotaque e quase tudo que estava relacionado ao seu jeito de ser. Felizmente, ela foi conquistando aliados e conseguiu retomar as rédeas do jogo. Aqui fora, o público se sensibilizou e começou a colaborar para que Ju se tornasse um dos maiores fenômenos já vistos.

Semanalmente, as redes sociais da paraibana cresciam em número de seguidores de forma progressiva e impressionante. Até o fechamento dessa matéria, ela já reunia mais de 27,6 milhões de seguidores no Instagram, ocupando o segundo lugar de BBB mais seguida da rede social, perdendo apenas para Sabrina Sato e seus 29,6 milhões de seguidores. Diversos famosos passaram a torcer publicamente pela advogada, e Juliette chegou a ganhar várias músicas dedicadas a ela, bonecas com sua aparência e até jogo online.

A força das mulheres – relembre todas as ganhadores do Big Brother Brasil

Cida do Santos desbancou Thiago Lira e se tornou a primeira mulher a entrar na galeria de campeões do reality show. A carioca teve 69% dos votos e faturou o prêmio de meio milhão de reais, ficando com o título do BBB4. O segundo colocado levou para casa R$ 50 mil.

Mara Viana cativou o público e conquistou a sexta edição do programa com 47% dos votos. A baiana saiu do programa com um milhão de reais e dois carros zero quilômetro. A vice-campeã foi a modelo paulista Mariana Felício, que teve 34% dos votos.

A atriz Maria Melilo conquistou o coração dos telespectadores na décima primeira edição do programa. A paulista faturou R$ 1,5 milhão, com 43% dos votos. O médico Wesley ficou em segundo com 31% e levou R$ 150 mil.

A advogada mineira Fernanda Keulla teve 62,79% da preferência do público e foi a grande campeã do reality show em 2013. Ela desbancou o casal Nasser e Andressa, que tiveram 28,29% e 8,92% dos votos, respectivamente.

Defensora da causa animal, a paulista Vanessa superou Angela e Clara, e se tornou a vencedora da décima quarta edição do BBB, com 53% dos votos. As adversárias tiveram 28% e 19%, respectivamente.

Na edição 16, marcada pelo grande protagonismo de Ana Paula, dona do famoso bordão “Olha Ela”, mas que acabou sendo expulsa por agressão a Renan, quem acabou faturando o prêmio de R$ 1,5 milhão foi Munik Nunes. A youtuber Maria Claudia ficou em segundo lugar.

Na final do BBB17, a estudante Emilly teve 58% dos votos e foi a grande campeã. A gaúcha superou a advogada manauara Vivian Amorin, que obteve 41% da preferência do público.

Gleici sagrou-se campeão do BBB18 após receber 57,28% dos votos. Ela desbancou o sírio Kaysar, que teve 39,33% da preferência dos telespectadores.

Paula venceu a 19ª edição do programa e tornou-se campeã com 61,09% dos votos. A mineira superou Alan, que teve 38,91% do votos. A jovem o prêmio de R$ 1,5 milhão.

Na primeira edição que contou com a presença de famosos, quem levou o prêmio para casa foi Thelma com 44,1% dos votos. O segundo lugar ficou com Rafa Kalimann, com 34,81% dos votos.

Créditos: Polêmica Paraíba



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário