Frentista de 21 anos morre após confronto entre policiais e criminosos

 


Na manhã de domingo (28), na Região Metropolitana do Rio de Janeiro , em São Gonçalo, um homem morreu após ser baleado durante um confronto entre policiais militares e criminosos da região da Palha Seca, em Tribobó. As informações foram apuradas pelo G1.

Arilson Santiago, frentista, de 21 anos, estava indo para o trabalho quando ficou no meio da operação . Ele ia ser pai daqui a poucos meses e sua companheira, muito emocionada, disse que ele se despediu dela com um beijo antes de sair de sua residência.

“Ele pediu ontem, falou pra mim (sic) nunca deixar ele e hoje aconteceu isso. De manhã me deu um beijo e deu um beijo na minha barriga, disse que me amava e amava a filha dele”, declarou Tamyres de Araújo.

“Quando que isso vai acabar, meu Deus? Trabalhador morrendo, meu irmão tinha 21 anos. Ia fazer três meses agora que ele estava trabalhando. Quando isso vai acabar? Matando inocente. Não é bala perdida. Aí é bala achada”, disse a irmã, Ana Carolina Santiago.

Após acontecimento, moradores da região fizeram um protesto na RJ-106. Nesta segunda-feira (1°), o pai de Arilson irá até o Instituto Médico Legal (IML) para liberar o corpo da vítima e o enterro deve acontecer no período da tarde. As Polícias Militar e Civil ainda não se manifestaram sobre caso.

Fonte: IG



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments :

Postar um comentário