Em entrevista, Flordelis diz que filha foi quem mandou matar pastor Anderson

 


A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), suspeita ter assassinado o ex-companheiro, o pastor Anderson do Carmo, em 2019, disse em entrevista que a filha Simone foi quem mandou matar o pastor. A revelação foi dada a Pedro Bial, no programa ‘Conversa com Bial’, da TV Globo.

Segundo a deputada, a filha Simone estava doente de câncer, e também sofria assédio de Anderson.

“Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, disse.

A deputada é uma das 11 acusadas pelo crime, mas nega o envolvimento. Segundo o Ministério Público, ela foi a mandante do assassinato. Durante a entrevista, ela deu sua versão sobre o crime e explicou por que duas filhas do casal tinham motivações para matar Anderson.

Além de Flordelis, foram acusados de participar do crime os filhos Flávio, Lucas, Simone, Marzy, Adriano, André e Carlos e a neta Rayane. Todos foram presos, menos Flordelis, por possuir imunidade parlamentar. Desde então, Flordelis usa uma tornozeleira eletrônica enquanto aguarda seu julgamento. A deputada está respondendo a processo no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, onde pode perder o mandato.

Fonte: Polêmica Paraíba



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário