Carteiro é preso em flagrante após desvio de encomendas do Centro de Distribuição dos Correios, em João Pessoa

 


Um carteiro foi preso em flagrante após desvio de encomendas do Centro de Distribuição dos Correios, que fica no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. A prisão aconteceu na quinta-feira da semana passada, mas apenas divulgada nesta segunda-feira (15) por conta do processo de investigação. 

De acordo com informações da Polícia Federal, que realizou a prisão, no momento da abordagem foram encontradas algumas encomendas que haviam sido subtraídas do Centro de Distribuição. Logo em seguida, o carteiro confessou o crime. Havia suspeita de que havia outros objetos, anteriormente subtraídos, poderiam estar na casa do funcionário dos Correios. 

Foram realizadas buscas em sua residência e os policiais federais encontraram as encomendas desviadas, além de uma grande quantidade de cartas. A ação contou com o apoio da Coordenação de Segurança dos Correios e Superintendência dos Correios na Paraíba. 

Ainda de acordo com as informações recebidas pelo ClickPB, o funcionário foi encaminhado à sede da Superintendência da Polícia Federal na Paraíba. Foi formalizado Auto de Prisão em Flagrante Delito, pelo crime de peculato (quando empregado público, servidor público ou equiparados, apropriam-se de bens pertencentes ao ente público com quem possuem relação laboral).

Ao portal, a assessoria de comunicação dos Correios reafirmou que a Operação, que resultou na prisão do carteiro, é uma ação conjunta. "Sobre a operação da Polícia Federal deflagrada na Paraíba, trata-se de ação conjunta, realizada entre os Correios e a PF, por meio de fornecimento de informações ao órgão de segurança. As ações de busca e apreensão realizadas são resultado do desdobramento das investigações que estão sendo conduzidas pela PF".

Além disso, ressaltou ainda que "os Correios continuam colaborando com as autoridades e consideram inaceitável a conduta do empregado, totalmente dissociada dos padrões e valores defendidos pelos Correios. Por essa razão, a estatal já adotou, de imediato, todas as medidas disciplinares que o caso requer".



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments :

Postar um comentário