Audiência de empresária acusada de matar o marido é remarcada para maio

 


A primeira audiência do caso Helton Pessoa aconteceu nessa segunda-feira (22) e a oitiva da suspeita de matar o empresário, a companheira e também empresária Taciana Ribeiro Coutinho, foi adiada para maio.

A audiência teve o objetivo de ouvir as testemunhas arroladas no processo, porém, por se tratar de uma grande quantidade de testemunhas, a audiência precisou ser remarcada para maio.

Taciana esteve presente, acompanhada de seus advogados, assim como familiares e amigos da vítima.

De acordo com os advogados de acusação, as oitivas foram produtivas para o desenrolar do processo e reiteram que tudo o que foi colhido até o momento endossa o que já se saber do caso. Eles apontam para o descontrole emocional e agressividade da acusada.

Taciana é acusada de matar Helton com quatro tiros, nas costas e cabeça, dentro de sua residência, no Sítio Zumbi, em Sapé, onde os dois faziam isolamento devido à primeira onda da covid-19.

A empresária foi presa preventivamente e interrogada pela Polícia Civil no mesmo dia do enterro da vítima. Durante depoimento, ela alegou legítima defesa para o crime. A prisão preventiva foi convertida em prisão domiciliar, depois do depoimento ela foi levada para um presídio, onde recebeu uma tornozeleira eletrônica. Em seguida, foi levada para a residência informada nos autos judiciais.



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário