Além de Major Olímpio, senadores Arolde Oliveira e José Maranhão perderam a vida para a Covid-19; relembre

 


O senador Major Olímpio (PSL-SP), que teve a morte cerebral confirmada nesta quinta-feira (18), aos 58 anos, é o terceiro membro do Senado Federal a falecer em decorrência da Covid-19 em pouco mais de um ano de pandemia. Ele faria 59 anos de idade no próximo sábado (20).

Antes dele, o em outubro de 2020, o senador Arolde de Oliveira (PSD-RJ) faleceu em decorrência do vírus. Já em fevereiro, o senador paraibano José Maranhão (MDB-PB) também morreu após complicações da doença em fevereiro de 2021.

O paraibano ficou internado por mais de 2 meses, primeiro em um hospital da Unimed em João Pessoa, e depois no Villa Nova Star, em São Paulo. Apesar de ter se curado do vírus, as complicações da Covid-19 fragilizaram a saúde do senador, que não conseguiu se recuperar das sequelas.

A luta de Olímpio

Olímpio estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital São Camilo, em São Paulo, desde o dia 5 de março. Ele foi intubado pela segunda vez no dia 11 de março, após ter passado três dias sem o aparelho naquela semana.

Um dia depois de ser internado, o senador chegou a participar de uma sessão legislativa por videoconferência enquanto estava na cama do hospital. Líder do PSL, ele se manifestou contra os dispositivos que preveem congelamento de salários no funcionalismo público.

Antes de concluir o discurso, o sinal remoto do senador caiu e ele não conseguiu voltar. Além disso, ele estava com a respiração ofegante.

Créditos: Polêmica Paraíba



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário