Rui Galdino diz que é o legítimo e verdadeiro arrematante do Hotel Tambaú; Grupo vai investir cerca de 80 milhões.

 


Diante das últimas notícias que vem circulando na imprensa paraibana a respeito do leilão do Tambaú Hotel, dando como arrematante do bem o Grupo A. Gaspar do Rio Grande do Norte, a redação do Polêmica Paraíba entrou em contato com o advogado Rui Galdino e ele disse o seguinte:

“ Isso não existe, estão querendo tirar o Hotel Tambaú de mim de todo jeito, mas não vão conseguir, dessa vez o Santo de Casa vai fazer milagres, kkkkk, o verdadeiro e legítimo arrematante do Hotel Tambaú sou eu, o GRUPO GALDINO”. Infelizmente, existem alguns “espíritos de porco” daqui mesmo, que torcem contra mim e só dão valor as coisas que vem de fora, essas pessoas tem complexo de inferioridade, provincianismo e nada fazem de concreto pela Paraíba, são agorentos e invejosos. O que tem me dado força para enfrentar tudo que vem passando para garantir o meu direito como arrematante do Hotel, são os verdadeiros amigos, minha família e a grande maioria do povo simples da Paraíba. Tenho recebido milhares de ligações e mensagens me apoiando e torcendo por nossa causa, que na verdade é uma causa da Paraíba, pois, depois de 50 anos nas mãos dos “estrangeiros” e forasteiros que faliram o Tambaú, o Hotel Tambaú vai voltar para as mãos de um paraibano, ou seja, vai voltar para a Paraíba e a nossa vitória será dedicada a todo o povo paraibano, pois, o Tambaú será nosso em breve, pois, ainda acredito na justiça de meu país, espero que o juiz da 4ª Vara Empresarial do Rio, Dr. Paulo Assed Estefan, faça justiça e garanta o nosso direito que é líquido e certo, pois sou o verdadeiro e legítimo arrematante do Hotel Tambaú”.

O que aconteceu nos últimos dois leilões que você venceu e ainda não lhe deram o Hotel Tambaú?

“Veja bem, o Hotel Tambaú nos últimos três anos foi para leilão várias vezes e ninguém quis sequer dar lances, ninguém, então, no leilão do dia 29 de outubro de 2020, dei um lance de 15 milhões e fui vencido por outro lance de 40,2 milhões. Ocorre que a pessoa que deu o lance maior que o meu, desistiu horas depois e veio para mim como 2º lugar no arremate. A Justiça entendeu que meu lance de 15 milhões era muito pouco, então, eu fiz duas petições ao juiz da causa, dizendo que pagaria 40 milhões pelo Hotel Tambaú, aceitaram e até me enviaram uma ata do leilão nesse sentido, porém, esqueceram de me intimar para pagar o valor de 40 milhões, como estava na ata do leilão do dia 29/10/2020. Nesse leilão eu fui o 2º colocado, tenho o direito de preferência, pois, o 1º desistiu e ainda hoje luta na justiça para fazer valer o meu direito. Ocorre, que o juiz da 4º Vara Empresarial do Rio, decidiu por realizar um novo leilão, exatamente esse que aconteceu no último dia 04 de fevereiro de 2021. Então, eu paguei o calção de 200 mil ( que era exigido para participar do leilão do último dia 04 de fevereiro) e fui para a disputa. É bom lembrar que esse leilão do dia 04 de fevereiro já estava recebendo lances pela internet e que terminaria às 14 horas em ponto do dia 04/02, conforme o Edital do Leilão. Um dia antes, ou seja, no dia 03/02, às 19:54:53h eu dei um lance de 40 milhões (GALDINO). Na manhã do dia seguinte, às 09:28:21h MARIZZPA deu um lance de 40,2 milhões superior ao meu. Então, às 10:01:53h eu dei outro lance no valor de 40,4 milhões ( GALDINO ), e esse foi o último lance ofertado até o fechamento do cronômetro do leilão às 14 horas em ponto. Então, eu fui o vencedor do leilão mais uma vez e ponto final. Ocorre que, para minha surpresa e indignação, minutos depois das 14 horas, quando o leilão já estava encerrado e ninguém poderia mais ofertar lances pela internet pois o sistema já estava fechado, o leiloeiro jogou no painel do pregão, um lance dado por outra pessoa de maneira presencial e sem o nosso conhecimento às 14:04:26h, ou seja, lance esse ofertado fora do horário do leilão, no valor acima do meu ( 40,6 milhões ) e sem a menor chance dos participantes oferecer um novo lance pois o sistema de computadores já estava encerrado às 14 horas. Um verdadeiro absurdo, o leiloeiro aceitou um lance presencial fora do horário do leilão e sequer me deu chance de dar um lance superior. Ou seja, me prejudicou mais uma vez e violou o Edital do Leilão, que previa o encerramento às 14 horas. Já comuniquei o fato ao juiz através dos nossos advogados e espero que justiça seja feita, pois, o legítimo e verdadeiro arrematante do Hotel Tambaú, mais uma vez e dentro do horário normal do leilão, fui eu ( GALDINO )”.

Perguntamos a Rui Galdino o que ele pretende fazer com o Hotel Tambaú?

“Vamos investir mais de 80 milhões, transformar o Hotel Tambaú num Resort de luxo e torná-lo o melhor 5 estrelas do Brasil. Esse gigante adormecido vai voltar a brilhar. Vamos empregar mais de 300 pessoas todas da Paraíba, gerar divisas para a cidade e o estado, fomentando o turismo e a economia da capital paraibana”.

E os funcionários que foram demitidos e jogados na rua sem receber os seus direitos?

“Esse é um problema social grave e bastante injusto. Desejo que a Massa Falida pague seus direitos o mais rápido possível. Existem funcionários com até 45 anos de suas vidas dedicados ao Hotel, gente que faz parte da história do Tambaú, que deram suor, lágrimas e sangue pelo Hotel e que foram desprezados. Vou trazê-los de volta para o Hotel e também homenageá-los, pois, são verdadeiros heróis dessa história e não podem ser desprezados e esquecidos, afinal, todos são nossos irmãos paraibanos e merecem respeito”.

Vai mudar o nome do Hotel?

“Não. O Tambaú tem uma história com o seu nome e é conhecido como tal no mundo todo. Vai continuar sendo HOTEL TAMBAÚ”, temos que respeitar a nossa história e tradição”.

Quando pretende reabrir o Hotel?

“Assim que recebermos do Poder Judiciário a Carta de Imissão de Posse, vamos começar as reformas e acredito que estaremos reinaugurando o Hotel Tambaú no dia 1º de outubro, data do meu aniversário e a pedido dos outros investidores, exatamente no ano em que o Hotel Tambaú comemorará o seu cinquentenário de fundação”.

Além de você, quem são os outros investidores?

“Esse é um segredo que guardo a quatro chaves, que vai surpreender a toda Paraíba e ao Brasil, que vai ser muito bom para todos nós e que só será divulgado no dia da inauguração do Novo Hotel Tambaú, finalizou Rui Galdino, muito emocionado”.

Fonte: Polêmica Paraíba




Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário