Casal tirou foto horas antes de acidente de ônibus que matou 19 no Paraná

 


A família do vendedor Antônio Carlos Teixeira Lima, de 41 anos, procura desesperada por informações do seu paradeiro. Ele estava no ônibus que tombou e matou 19 pessoas na manhã de hoje, na BR-376, em Guaratuba, no Paraná .

Antônio embarcou na sexta-feira (22) em Belém com destino a Joinville (SC), ao lado da mulher, Geovana Cristina Serra, de 23 anos, e os dois filhos, um garoto de 14 anos e uma bebê de 7 meses.

Parentes contaram ao UOL que ainda não conseguiram falar com Antônio e o restante da família. O último contato aconteceu ontem, quando o vendedor adicionou uma foto com a cabeça escorada no ombro de Geovana, dentro do mesmo ônibus que tombou.

Antonio e esposa Geovana estavam no ônibus que tombou na BR-376 – Arquivo Pessoal – Arquivo Pessoal
De acordo com os parentes, Antônio morava em Belém e planejava se mudar para Santa Catarina em busca de oportunidades melhores de emprego. A família desceria em Balneário Camboriú e de lá seguiriam de carro para Joinville, onde um irmão do vendedor resida.

“Ele se mantinha com a minha avó quando estava solteiro, mas depois que casou, remendo em ir para Santa Catarina porque buscavam uma vida melhor para a família. Ligamos no telefone, mas não atendeu e não viu o WhatsApp hoje de manhã. Estamos muito preocupados porque não sabemos se estão bem ou não “, contou com Gabriel Lima, sobrinho de Antônio.

“Ele quis mudar para Santa Catarina em busca de trabalho para ter uma renda melhor e ajudar mais a família”, completa.

O jornalista José Teixeira, que mora em Belém, conta que ligaram em hospitais e ainda não teve informações sobre a entrada dos parentes nas unidades.

A família do vendedor Antônio Carlos Teixeira Lima, de 41 anos, procura desesperada por informações do seu paradeiro. Ele estava no ônibus que tombou e matou 19 pessoas na manhã de hoje, na BR-376, em Guaratuba, no Paraná .

Antônio embarcou na sexta-feira (22) em Belém com destino a Joinville (SC), ao lado da mulher, Geovana Cristina Serra, de 23 anos, e os dois filhos, um garoto de 14 anos e uma bebê de 7 meses.

Parentes contaram ao UOL que ainda não conseguiram falar com Antônio e o restante da família. O último contato aconteceu ontem, quando o vendedor adicionou uma foto com a cabeça escorada no ombro de Geovana, dentro do mesmo ônibus que tombou.

Antonio e esposa Geovana estavam no ônibus que tombou na BR-376 – Arquivo Pessoal – Arquivo Pessoal
De acordo com os parentes, Antônio morava em Belém e planejava se mudar para Santa Catarina em busca de oportunidades melhores de emprego. A família desceria em Balneário Camboriú e de lá seguiriam de carro para Joinville, onde um irmão do vendedor resida.

“Ele se mantinha com a minha avó quando estava solteiro, mas depois que casou, remendo em ir para Santa Catarina porque buscavam uma vida melhor para a família. Ligamos no telefone, mas não atendeu e não viu o WhatsApp hoje de manhã. Estamos muito preocupados porque não sabemos se estão bem ou não “, contou com Gabriel Lima, sobrinho de Antônio.

“Ele quis mudar para Santa Catarina em busca de trabalho para ter uma renda melhor e ajudar mais a família”, completa.

O jornalista José Teixeira, que mora em Belém, conta que ligaram em hospitais e ainda não teve informações sobre a entrada dos parentes nas unidades.

No último balanço do acidente divulgado pelos Bombeiros, por volta das 14h10, consta:

19 mortes
7 sepulturas matadas
6 matadas moderadas
20 leves matadas
Em nota, um TC Pires da Cruz informou que o ônibus foi fretado por uma terceira pessoa, responsável pelo grupo, que também estava no veículo.

Estavam a bordo 53 passageiros e dois motoristas, segundo os Bombeiros. O acidente aconteceu no km 668 em um local conhecido como curva da Santa, no sentido Santa Catarina.

O ônibus saiu da pista, rompeu a mureta de proteção e caiu numa ribanceira. Ainda não se sabe o que teria provocado o acidente.

“A empresa está providenciando um meio de comunicação para prestar informações aos familiares”, completa a nota da proprietária de ônibus.

Fonte: UOL



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comments :

Postar um comentário