A campanha de Aline e Cris já é alvo da Justiça Eleitoral por suposto crime

A Justiça Eleitoral realizou na manhã desta terça-feira (22) mandados de busca e apreensão no Posto de Combustíveis Sagitário, localizado no distrito de Rua Nova, em Belém, das notas fiscais, relatórios de faturamento e balanços de contabilidade referentes às vendas realizadas no dia 16 de setembro de 2020, para investigar supostos crimes eleitorais cometidos pelas candidatas Aline e Crisneilde na data da convenção partidária.

O pedido para resguardar as provas para uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) foi feito pelo Partido dos Trabalhadores e pretende apurar possíveis crimes cometidos pelas candidatas Aline e Crisneilde, esposa do ex-deputado Ricardo Marcelo, por meio de distribuição de gasolina para uma carreata no dia da convenção. As imagens da carreata foram amplamente divulgadas nas redes sociais pelos apoiadores da candidata, os quais estavam vestidos de forma padronizada com camisetas azuis, cor da campanha do partido.

Além dos documentos, a Justiça Eleitoral também determinou a apreensão das câmeras do circuito interno do posto de combustível. As imagens também servirão como base para a investigação de possíveis crimes de condutas vedadas, captação ilícita de recursos e eleitorais e de votos, bem como abuso de poder econômico.


Fonte: Correio Belenense

Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário