Calendário do 13º do Bolsa Família é divulgado pelo governo Federal

Os brasileiros que recebem o Bolsa Família já podem comemorar. É que o Presidente Jair Bolsonaro anunciou o calendário para pagamento do 13º salário do benefício. O valor estará disponível para saque a partir do dia 10 de dezembro. Confira o cronograma completo.

Bolsa Família: Caixa divulga calendário de pagamento do 13º salário. Confira!

Cronograma de pagamento do 13º do Bolsa Família

O calendário de pagamento foi elaborado tendo como base o último dígito do número de inscrição no NIS (Número de Identificação Social).

As datas começam em 10 de dezembro e seguem até 23 de dezembro, conforme mostra a tabela abaixo:





Calendário 13º salário do Bolsa Família


Neste ano de 2019 o governo tinha o compromisso de aumentar os valores do benefício do Bolsa Família. Reajustaria, portanto, em 8,33% e corrigiria a perda pela inflação. Mas isso não vai mais acontecer. O reajuste não será concedido.


A equipe econômica em face do arrocho financeiro pelo qual passa o Brasil, resolveu oferecer em troca, uma parcela a mais do benefício de forma única, em dezembro próximo. E a essa iniciativa estão dando o nome de: 13º do Bolsa Família.
Décimo terceiro virá em lugar do reajuste


A rigor, o décimo terceiro era uma promessa do próprio presidente Jair Bolsonaro, ainda dos tempos de campanha. E quando comemorou-se os primeiros cem dias de governo, foi feito o anúncio oficial da liberação do auxílio, ainda para este ano de 2019.


Dessa maneira, o governo vai pagar o décimo terceiro salário do Bolsa Família a todos que já recebem o benefício normalmente. Contudo, o décimo terceiro está substituindo o reajuste que não será dado este ano.


Assim, foi previsto um grande repasse de verba para o Ministério da Cidadania, que receberá esse ano mais de R$ 2,5 bilhões vindos do orçamento público geral, para fazer frente a esses compromissos assumidos.


Ademais, segundo o ministro Osmar Terra, a possibilidade de repasse de valor tão expressivo se deve ao fato do combate sistemático às fraudes; através das ações de pente-fino, realizadas até aqui.


Quem pode se inscrever no Bolsa Família?


Basicamente, segundo a legislação, as famílias extremamente pobres são aquelas que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa. Já as famílias consideradas pobres, são aquelas que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa.


Tais famílias participam do programa e recebem pela Caixa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos.


Como é feito o pagamento do benefício?


Todos os meses o governo realiza o pagamento do benefício a todas as famílias cadastradas e que estejam dentro dos critérios legais, para o recebimento dos valores.
Existe um número de identificação chamado de NIS (Número de Identificação Social), que vem impresso no Cartão Bolsa Família. E as datas de pagamento das famílias são definidas pelo número especificado ali.


Os interessados, portanto, podem conferir em uma tabela oficial divulgada pelo governo.


O valor, no entanto, fica somente disponibilizado até noventa dias no máximo. A contar da data anunciada no calendário oficial do governo.
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário