Em Pirpirituba homem é assassinado com tiro de 12 na cabeça


Josenildo Felipe de Freitas, de 38 anos, que era albergado, foi executado a tiros, na manhã desta segunda-feira (18/11), por volta das 4h40, em Pirpirituba, Agreste paraibano. O crime ocorreu no bairro da Caixa D'água, já no fim da rua Nossa Senhora do Rosário.

A irmã de “Negão”, como era mais conhecido na cidade, Josicleide Felipe de Freitas, contou que a vítima e outro irmão de 13 anos encontravam-se sentado num espaço do tipo pracinha próximo à casa da mãe com uma gaiola de pássaro. Os criminosos aguardando apenas o momento da ação.

Neste instante, dois indivíduos surgiram após pular o muro da residência, onde fica a pracinha, quando a vitima percebeu correu. Ao pegar a rua seguinte, ele se deparou com os criminosos encapuzados a pé, e seguiu atrás dele. Ao pegá-lo, um dos assassinados deflagrou um único tiro, supostamente de 12, atingindo a região da cabeça da vítima, vindo, portanto, a cair ao solo já sem vida.

Ainda segundo Josicleide Felipe, o irmão tinha ganho o albergado há dez dias. Nesse domingo (17/11), ele não tinha ido ao presidio para dormir. Negão cumpre pena por tentativa de homicídio, conforme a irmã, que teria corrido em Pirpirituba. 

A mãe dele, Fatinha, estava em choque quando recebeu à notícia da morte do filho. 
A guarnição de Pirpirituba, sob o comando do cabo Felipe e o policial Jair, se deslocou até o local, onde esteve preservando o lugar até a chegada da Policia Científica. Até às 8h desta segunda-feira o corpo ainda permanecia no local do crime.

Fonte: Classe a da Noticia
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário