Jovem de 18 anos que desapareceu após marcar encontro com perfil fake no facebook é encontrada morta

Uma jovem de apenas 18 anos identificada como Maria Carla Lucas da Silva que estava desaparecida desde a última segunda-feira, 30 de setembro, foi encontrada morta na manhã desta quinta, 03, dentro de uma cisterna no Sítio do Meio, zona rural de Olho D’Água Grande, no Agreste alagoano.

De acordo com as informações policiais, Maria Carla havia desaparecido após marcar um encontro com um perfil fake no Facebook. No encontro, a vítima teria notado que a pessoa que estava ali não era a mesma da rede social e sim seu vizinho, momento em que tentou fugir, mas foi impedida pelo mesmo.

Ainda segundo a polícia, na tentativa de fugir, a vítima ainda chegou a ferir o rosto do acusado, identificado apenas como Lilo, 32 anos, mas mesmo assim não obteve êxito e desde então não foi mais vista com vida.

Amigos de Maria Carla foram fundamentais na elucidação do caso, uma vez que os mesmos chegaram a ver um vídeo em que o acusado torturava a jovem. Logo após as suspeitas recaírem sobre o vizinho, que passou a ser pressionado para dizer o que teria acontecido com a garota, o mesmo escreveu uma carta confessando o crime, mas não disse o local exato onde havia deixado o corpo. Logo em seguida ele se suicidou com uma corda no pescoço.


A autoria do crime ficou ainda mais evidente quando após um processo de investigação foi quebrado o sigilo das trocas de mensagens da vítima nas redes sociais. O corpo de Maria Carla foi encontrado sem roupa, mas ainda não se sabe se a mesma foi vítima de violência sexual e nem a causa da morte.





Riacho em Foco
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário