Mulher vai ao médico para remover pelo encravado e descobre câncer nas partes íntimas

A norte-americana Marisa Srupp teve uma grande surpresa ao ir num dermatologista para tratar o que ela acreditava ser um pelo encravado. Em março de 2018 ela sentiu uma protuberância em suas partes íntimas e decidiu ir ao médico, o dermatologista com quem Marsa se consultou a encaminhou para um ginecologista.

Em agosto Marisa teve a protuberância removida pelo seu ginecologista e após o material ser enviado para análise ela descobriu que ao invés de um pelo encravado ela possuía um tipo de câncer raro, um melanoma na vulva em estágio 2. Ela então foi submetida a três horas de cirurgia para a remoção do tumor, mas então os médicos descobriram que o câncer já havia evoluído para o estágio 3 e se espalhado.

Após a retirada do tumor Marisa foi submetida a um tratamento de imunoterapia e falou sobre a descoberta da doença, “Quando eu recebi o diagnóstico eu fiquei horrorizada, assustada e paralisada pelo medo. Nunca em minha vida eu tinha ouvido falar sobre tumor na vulva”.



Créditos: Polêmica Paraíba com informações de Cláudia
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário