Preso por matar menino que saiu de casa para empinar pipa confessa crime, diz polícia

Luís Carlos da Silva, principal suspeito de assassinar Yuri Ruan Francisco Gonçalves, de 12 anos, confessou o crime nesta terça-feira (23), segundo a polícia. Em depoimento, ele afirmou que estuprou o garoto e o matou por medo de que ele contasse o que aconteceu para a família. O corpo do menino foi encontrado na estrada das Pitas, entre Jandira e Itapevi.

Segundo o delegado Aloisio Ribeiro Neto, o criminoso escolheu Yuri por já ser conhecido. Luís Carlos da Silva deve responder por estupro de vulnerável, homicídio e ocultação de cadáver. A família da vítima contou à polícia que conhecia o assassino há mais de 15 anos.


A polícia não descarta a participação de uma segunda pessoa no crime. As investigações sobre o assassinato vão continuar.

G1


Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário