Casa da mãe de jovem que estuprou e matou menina de 8 anos é incendiada após missa de 7º dia da vítima

Parte da casa da mãe de um jovem que estuprou e matou uma menina de 8 anos em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, foi incendiada no domingo (28), após a missa de 7º dia da vítima. Segundo o Corpo de Bombeiros, a suspeita é que o incêndio seja criminoso e tenha sido motivado por vingança.

Jhonatan Nicolas Duarte, de 20 anos, foi preso e confessou o crime, registrado no dia 17 de julho.

Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve registro de feridos. A mãe de Jhonatan e outros filhos dela não estavam na residência. Ela já teria sido avisada que ateariam fogo na casa dela.

Os vizinhos ajudaram a conter as chamas para que o incêndio não se alastrasse para as casas vizinhas.

Vizinhos ajudaram a retirar objetos da casa durante o incêndio — Foto: Ronaldo Igaxira/Arquivo Pessoal

O fogo destruiu um colchão, fogão e outros objetos que estavam no imóvel.

A dona da propriedade procurou a polícia na semana passada para denunciar ameaças que vem sofrendo.

Estupro e morte


O crime foi cometido durante a noite, enquanto a mãe da vítima trabalhava.


Jonathan Nicolas Duarte, de 20 anos, foi preso suspeito de estuprar, estrangular e matar criança de 8 anos em Sorriso — Foto: Divulgação


À polícia, o jovem confessou o crime e alegou que estava sob o efeito de entorpecente e bebida alcoólica.


Em depoimento, ele contou que entrou na casa da vítima, que dormia, e a estuprou.


Durante o abuso, o jovem estrangulou a menina e contou que, ao notar a morte, vestiu novamente a roupa nela e a deixou como se estivesse dormindo.


Ao chegar em casa, a mãe da menina achou que ela estivesse desmaiada e a levou para um hospital. Na unidade, os médicos constataram a morte e acionaram a polícia após exames apontarem o estupro.



g1
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário