Talismã FM na mira do TRE-RN

Neste ultimo sábado a Rádio Talismã divulgou uma pesquisa referente as intenções de votos para eleição suplementar do município de Passa e Fica RN, segundo a Rádio Talismã que fica no município paraibano de Belém, mas tem grande audiência na região Agreste Potiguar.
Os números beneficiam o candidato da família Lisboa, Celú Lisboa (PSB) com grande vantagem, diferente do clima vivido na cidade e nas últimas eleições, onde em 2016 a vitória do prefeito cassado Léo Lisboa (PSD) foi com menos de 3%, em um eleitorado de 8 mil pessoas. A 12a Zona Eleitoral emitiu certidão que não houve registro de pesquisa para ser divulgada pela Rádio Talismã. 
E com isso o TRE-RN coloca a Radio Talismã na mira da justiça por ter divulgado Pesquisa sem registro. 
De acordo com a Resolução TSE 23.549/2017, a divulgação de pesquisa sem o prévio registro das informações sujeita os responsáveis à multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00 (Lei nº 9.504/1997, arts. 33, § 3º, e 105, § 2º). Por outro lado, a divulgação de pesquisa fraudulenta (falsa) constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa no valor de R$ 53.205,00 a R$ 106.410,00.

Henrique Filho com amingos da onça 
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário